21.9 C
Brasil
terça-feira, setembro 28, 2021
Início Brasil ‘O próprio STF não é unânime sobre prisão de Roberto Jefferson’, diz...

‘O próprio STF não é unânime sobre prisão de Roberto Jefferson’, diz advogado

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre o pedido de concessão do direito à prisão domiciliar para o ex-deputado Roberto Jefferson, preso na última sexta-feira,13, por determinação do magistrado a pedido da Polícia Federal. Embora não exista uma previsão exata para o posicionamento do órgão, o advogado Luiz Gustavo Cunha, que representa o ex-parlamentar, acredita que a opinião pode ser emitida ainda nesta sexta-feira, 20, considerando o estado de saúde do investigado. Segundo a defesa, Roberto Jefferson tem passado por um quadro “muito debilitado”. “Já passou por mais de três cânceres, praticamente retirou toda parte intestinal, toma mais de 20 remédios controlados”, afirmou Cunha, completando que o cliente deveria passar, na próxima semana, por uma cirurgia para desentupimento de uma artéria. “É um homem com saúde um pouco debilitada e está em um sistema prisional, que já informou por meio de ofício, que não tem condições de atendê-lo.”

Luiz Gustavo Cunha afirma que, mesmo com os problemas de saúde, o ex-deputado continua “do mesmo jeito”, com uma “mentalidade que está correto”. Para o advogado, a avaliação é que há divergências dentro do próprio Supremo sobre a decisão de Moraes. “O próprio Supremo não está unânime sobre a prisão. O PGR não foi ouvido, foi um inquérito instaurado de ofício pelo Alexandre de Moraes, no qual escolheu sua própria delegada para investigar, que solicitou a prisão preventiva, arrolou um monte de crimes, como associação criminosa. Qual associação criminosa? Ela não apontou nenhum nome. O Roberto Jefferson já cansou de dizer nas suas manifestações que o que ele escreve é opinião particular. Querem criar narrativas de atos antidemocráticos, de milícias digitais. Eles são super criativos com relação à nomenclatura das investigações, mas, de fato, nunca encontraram nada”, disse, afirmando que a investigação é uma “panela requentada” do inquérito da fake news. O advogado concluiu ressaltando que o ex-deputado está lendo a bíblia na prisão e trabalhando o “lado íntimo dele com Deus”. “Sabendo que, lá na frente, ele sairá vencedor”, finalizou. 

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Diva do Brás dá dicas para remover olheiras

Quem nunca passou pela situação de acordar e reparar numa coloração escura abaixo dos olhos acompanhado de um inchaço? Essas são as...

Saiba os benefícios da corrida de rua e comece agora mesmo

Correr faz bem para a mente e para o corpo, segundo o empresário Weber Micael da Silva, praticante do esporte há anos....

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

‘Ajudei a redigir o documento pacificando as relações entre os Poderes’, diz Michel Temer

O esboço da carta à nação publicada nesta quinta-feira, 9, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como uma forma de trégua entre os Poderes...