37.6 C
Brasil
quinta-feira, setembro 16, 2021
Início Brasil AO VIVO: Manifestantes vão às ruas em apoio a Bolsonaro neste 7...

AO VIVO: Manifestantes vão às ruas em apoio a Bolsonaro neste 7 de setembro; acompanhe

Manifestantes pró-governo já começaram os atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e em comemoração ao 7 de setembro. Em Brasília, os participantes conseguiram furar o bloqueio da Polícia Militar e ter acesso a Esplanada dos Ministérios ainda nesta segunda-feira, 6. Entre cartazes, camisetas e bandeiras do Brasil, os participantes pedem o impeachment de ministros da Supremo Corte e demonstram apoio do governo federal. Além do Distrito Federal, as manifestações desta terça se espalham por diversos Estados brasileiros, como São Paulo e Rio de Janeiro. Atos em apoio à Bolsonaro também estão previstos para acontecer no exterior. Confira abaixo a cobertura especial da Jovem Pan sobre as manifestações deste 7 de setembro:

11:43 – Bolsonaro diz que mostrará aos chefes dos Poderes ‘uma fotografia’ para dizer ‘para onde nós todos devemos ir’ 

Ainda em seu discurso na Esplanada, transmitido em seu perfil no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro disse que nesta quarta-feira, 8, participará de uma reunião do Conselho da República para mostrar aos presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal “uma fotografia” que indica “para onde nós todos devemos”. “Peço que me ouçam por volta das 16h na Avenida Paulista. Como chefe do Executivo, seria mais fácil ficar em casa mas como sempre disse ao longo da minha vida política, estarei onde o povo estiver. Vou a São Paulo e retorno. Amanhã estarei no Conselho da República, juntamente com ministros, para nós, juntamente com os presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal, com esta fotografia de vocês, mostrar para onde nós todos devemos ir”, afirmou.

11:38 – Em discurso em Brasília, Bolsonaro ameaça STF: ‘Pode sofrer aquilo que nós não queremos’

Em um discurso para apoiadores na Esplanada dos Ministérios, o presidente Jair Bolsonaro ameaçou o Supremo Tribunal Federal e fez ataques ao ministro Alexandre de Moraes. “Nós não mais aceitaremos que qualquer autoridade, usando a força do Poder, passe por cima da nossa Constituição. Não mais aceitaremos qualquer medida, qualquer ação que venha de fora das quatro linhas da Constituição. Nós também não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos três Poderes continue barbarizando a nossa população. Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil. Ou o chefe desse Poder [ministro Luix Fux] enquadra o seu, ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos. Porque nós valorizamos, reconhecemos e sabemos o valor de cada Poder da República. Nós todos, aqui na praça dos três Poderes, juramos respeitar a nossa Constituição. Quem age fora dela se enquadra ou pede pra sair. Uma pessoa do Supremo Tribunal Federal perdeu as condições mínimas de continuar dentro daquele tribunal. Nós todos aqui, sem exceção, somos aqueles, que dirão para onde o Brasil deverá ir”, disse. Os manifestantes presentes reagiram aos gritos de “eu autorizo” e “fora, Alexandre”.


11h30 – Em 400 ônibus, vinte mil pessoas viagem de Santa Catarina para atos em São Paulo

Mesmo com as manifestações previstas para Florianópolis, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro viajam da da cidade catarinense para participar dos atos que acontecem na capital paulista nesta terça-feira, com previsão de ser um dos maiores do país. Ao todo, 400 ônibus saíram de Santa Catarina levando 20 mil manifestantes para São Paulo, que também recebe caravanas de outros Estados e municípios brasileiros.


11h12 – Atos em Natal pedem impeachment de ministros e voto impresso auditável

Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, os protestos deste terça-feira, 7, além de declararem apoio ao presidente Jair Bolsonaro, pedem o impeachment dos ministros Alexandre de Moraes e Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), e a implantação do voto impresso auditável, derrotada na Câmara dos Deputados no último mês. Segundo informações da Jovem Pan News Natal, a expectativa é que cerca de 20 mil pessoas participem das manifestações, incluindo moradores de cidades do interior do Estado.


11h00 – Manifestantes fazem carreata pró-Bolsonaro em Belo Horizonte

A capital mineira também está sendo palco de atos favoráveis ao presidente da República. Em Belo Horizonte, a concentração do ato começou por volta das 9h no Mineirão, na região da Pampulha e segue em carreata. Imagens do helicóptero da Jovem Pan News BH mostram centenas de veículos passando pela pelo bairro Caiçara, rumo ao centro da cidade. O itinerário previsto inclui Av. Pedro ll, Viaduto D. Helena Greco, Av. Bias Fortes e Praça da Liberdade.


10h45 – Presidente Jair Bolsonaro discursa a manifestantes em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro fez um discurso para os seus apoiadores, em Brasília, após solenidade pelo 7 de setembro. Durante sua fala, o mandatário defendeu as instituições, disse que vai “atuar dentro das quatro linhas da Constituição” e pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) respeite também a vontade do povo que, segundo ele, “é soberana”.


10h22 – Rio de Janeiro tem atos simultâneos contra e a favor de Bolsonaro 

No Rio de Janeiro, os atos estão marcados para começar a partir das 10h. Na praia de Copacabana, cartão postal da cidade fluminense, moradores participam da manifestação usando as cores verde e amarelo, sendo que a maioria deles não usa máscara de proteção contra a Covid-19. Carros e caminhões com equipamentos de som estão no local.
O Rio também recebe o “Grito dos Excluídos” nesta terça-feira. O movimento contra o presidente Bolsonaro tem concentração na rua Uruguaia, no centro da cidade, e acontece de forma pacífica. Entre os manifestantes estão profissionais da saúde, que citam atraso na vacinação e o avanço da variante Delta como resultados das negligências do governo federal.


9h50 – Ao lado de Collor, Bolsonaro acompanha hasteamento da bandeira em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro participou da solenidade de hasteamento da bandeira, emBrasília, no Palácio da Alvorada. O evento teve participação dos ministros Paulo Guedes, General Heleno, Damares Alves e Onyx Lorenzoni, além do ex-presidenteFernando Collor de Mello. A solenidade teve exposição de blindados desfile presidencial no Rolls Royce, salto de três paraquedistas e salva de 21 tiros de canhão. Apoiadores do governo acompanharam o evento. A expectativa é que Bolsonaro participe das manifestações em Brasília e em São Paulo.


9h – Manifestantes iniciam concentração em São Paulo; avenida Paulista é fechada

Grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro iniciaram as concentrações na capital paulista na manhã desta terça-feira, 7, em diversos pontos da Avenida Paulista, sendo que os maiores aglomerados estão em frente ao prédio da FIESP e do Museu de Arte de São Paulo (MASP). Ônibus de cidades do interior também começam a chegar na região central do município. A previsão é que a manifestação em São Paulo comece a partir das 14 horas, a grande expectativa é que o presidente Jair Bolsonaro participe do ato com discurso direcionado aos apoiadores.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

‘Ajudei a redigir o documento pacificando as relações entre os Poderes’, diz Michel Temer

O esboço da carta à nação publicada nesta quinta-feira, 9, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como uma forma de trégua entre os Poderes...

Homem mata colega, joga o corpo na praia, mas guarda o pênis em uma panela

Um homem de 48 anos foi preso pela Polícia Civil na cidade de São Vicente, no litoral de São Paulo, depois de matar um...

Governo anuncia o fim dos bloqueios de caminhoneiros em rodovias federais

O governo anunciou nesta quinta-feira, 9, que não há mais bloqueios de caminhoneiros em rodovias federais. Segundo um boletim divulgado pelo Ministério da Infraestrutura,...