22.3 C
Brasil
quarta-feira, março 3, 2021
Início Tecnologia Invasão de Marte: onze visitantes da Terra operam hoje no planeta vermelho

Invasão de Marte: onze visitantes da Terra operam hoje no planeta vermelho

A invasão de alienígenas vindos de Marte habita o imaginário das pessoas desde que o rádio, o cinema e depois a televisão foram inventados, mas o que a humanidade está vendo hoje no YouTube é justamente o contrário: sondas orbitais e rovers vasculhando a atmosfera e o solo do planeta vermelho em busca de vida – nem que seja vida microbiana que tenha existido há bilhões de anos. Trata-se de uma invasão conduzida por cinco nações diferentes: Estados Unidos, União Europeia, China, Índia e Emirados Árabes Unidos.

A sonda Al Amal (Esperança), dos Emirados Árabes, e a nave chinesa Tianwen-1, com sonda orbital e rover, chegaram a Marte há poucos dias, seguidas ontem pelo pouso do Perseverance, rover que está pronto para começar a fazer sua travessia na promissora cratera Jezero, em cujas pedras a Nasa busca encontrar prova de vida microscópica. As três missões, no entanto, estão vindo se juntar a oito operações que estão em andamento. São elas:

  • InSight: feita em parceria com os centros espaciais da França e da Alemanha, a sonda da Nasa transmite informações de tremores e tempestades de areia.
  • Curiosity: irmão do Perseverance, porém mais velho, este rover chegou a Marte em 2012. Está no limite de sua capacidade, mas a Nasa afirma que ainda é capaz de transmitir.
  • Reconnaissance: está na órbita de Marte há quase 15 anos estudando o clima do planeta. Pode ajudar a checar o Perseverance no solo.
  • Mangalyaan: primeira sonda orbital indiana a alcançar o planeta vermelho. Chegou em 2014 e continua transmitindo.
  • MAVEN: outra sonda da Nasa voltada para estudar a atmosfera de Marte, especialmente as camadas mais altas.
  • ExoMars: a sonda orbital da Agência Espacial Europeia tentou pousar um rover em Marte em 2016, mas falhou. Entretanto, continua totalmente operacional, inclusive checando o rover da Nasa.
  • Mars Express: esta extraordinária sonda da Agência Espacial Europeia continua a transmitir da órbita de Marte. Só perde em longevidade para a Odyssey.
  • Odyssey: a mais antiga sonda orbital ainda em operação. Lançada com o objetivo de encontrar água na superfície, a Odyssey continua enviando dados, inclusive, agora, do Perseverance.

Com a chegada de Al Amal, Tianwen-1 e Perseverance, Marte está sob uma ocupação e tanto. E isso sem contar as dezenas de sondas enviadas há décadas e que pararam temporariamente de transmitir ou foram desativadas. Com tamanho empenho de milhares de profissionais de tantas nações, os mistérios do planeta vermelho serão aos poucos revelados neste e nos próximos anos. É o que esperam a comunidade científica e toda a humanidade.

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Estudo: 40% dos universitários é viciado no smartphone

Um estudo publicado na última terça-feira no periódico científico Frontiers in Psychiatry revelou que quase 40% dos universitários apresenta certo vício em smartphone. Além...

Google cria programa de treinamento para mulheres

O Google abriu as inscrições para o Google para Mulheres, projeto de treinamento e capacitação que busca mulheres que queiram desenvolver suas carreiras ou...

Marco Antonio Carbonari: O vinho no preparo de receitas

Se você acha que o vinho é ótimo apenas para acompanhamento nas refeições, não poderia estar mais enganado. Marco Antonio Carbonari, proprietário...

Primeiro satélite de monitoramento 100% brasileiro é lançado com sucesso

O PSLV-C51, um foguete de 44 metros de altura, decolou do centro espacial da Índia, na ilha de Sriharikota, na manhã deste domingo, 28...