25.2 C
Brasil
quinta-feira, maio 13, 2021
Início Tecnologia Clone do TikTok feito pelo Facebook, Lasso, será encerrado em julho

Clone do TikTok feito pelo Facebook, Lasso, será encerrado em julho

O Facebook deve encerrar em 10 de julho o Lasso, um aplicativo de vídeo inspirado no TikTok que foi lançado em 2018. Na época, o TikTok despontava como um app promissor e, devido ao incomodo que causou, a empresa de Mark Zuckerberg achou que seria estrégico copiar os recursos mais característicos da rede social, agindo de forma similar ao que já havia feito com rivais como o Snapchat. No entanto, a decisão de agora mostra que isso não parece ter dado certo.

Segundo um levantamento da consultoria App Annie, ao Lasso não atingiu números relevantes. Até 1º de junho, o aplicativo para Android possuía uma base ativa com menos de 80 mil usuários – a maioria do México. No iOS, a aceitação foi ainda menor, sendo impossível mensurar um número.

O encerramento do Lasso, contudo, não põe fim na competitividade almejada pelo comglomerado Facebook, já que ele ocorre pouco depois do lançamento do Instagram Reels, que também permite pequenos clipes com edição de músicas na rede social. Assim como o rival chinês, os vídeos aqui possuem poucos segundos de duração, e podem ser compartilhados nos Stories e na aba Explorar.

 

 

 

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Depois de tentativa de ataque ao STF, hackers miram governo do DF

Na mesma semana em que o STF precisou derrubar seu site para combater tentativas de ataques cibernéticos, o governo do DF foi alvo de...

Entenda o que é andropausa

O Doutor Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutorado pela Universidade Federal de...

“Agora a marca falará com as mães”, diz criador da Galinha Pintadinha

Ao lado do sócio Juliano Prado, o publicitário Marcos Luporini criou a bem-sucedida personagem infantil Galinha Pintadinha. A avezinha azul está próxima de bater...

Pessoas mais velhas são mais polarizadas nas redes sociais

Um novo estudo, conduzido por uma equipe internacional de pesquisadores do Chile, Colômbia, Brasil e Argentina, revelou que internautas mais velhos são os maiores...