31.9 C
Brasil
terça-feira, setembro 28, 2021
Início Corona Vírus Doria diz que uso de máscaras continuará obrigatório até o fim de...

Doria diz que uso de máscaras continuará obrigatório até o fim de 2021

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou que o uso de máscaras seguirá obrigatório no Estado até o fim de 2021. A informação foi dada pelo governador durante uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 17, primeiro dia do fim de restrições aos comércios e serviços de todos os setores. “O uso de máscara será continuamente obrigatório até o final desse ano. Mesmo a partir de novembro, quando entraremos em outra etapa de flexibilização. Temos a expectativa de ter a conclusão de todo ciclo vacinal no final do mês de outubro. Mesmo assim, dada a variante delta, os cuidados, os zelos, as máscaras ainda farão parte da nossa indumentária por um tempo um pouquinho maior”, afirmou Doria. A partir de hoje, os comércios e serviços poderão funcionar sem restrição de horário ou de capacidade de ocupação, existindo apenas a recomendação para evitar aglomerações. Seguirão proibidos shows com público em pé, pistas de dança e eventos esportivos com torcida, que deverão ser permitidos em 1º de novembro.

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Diva do Brás dá dicas para remover olheiras

Quem nunca passou pela situação de acordar e reparar numa coloração escura abaixo dos olhos acompanhado de um inchaço? Essas são as...

Saiba os benefícios da corrida de rua e comece agora mesmo

Correr faz bem para a mente e para o corpo, segundo o empresário Weber Micael da Silva, praticante do esporte há anos....

Restos mortais de vítimas do 11 de setembro são identificados após 20 anos

Por 20 anos, o consultório médico legista da cidade de Nova York conduziu discretamente a maior investigação de pessoas desaparecidas já realizada no país —...

‘Ajudei a redigir o documento pacificando as relações entre os Poderes’, diz Michel Temer

O esboço da carta à nação publicada nesta quinta-feira, 9, pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como uma forma de trégua entre os Poderes...