Abdon Murad Junior faz afirmação: “obesidade aumenta o risco de doenças cardiovasculares”

Abdon Murad Junior faz afirmação: “obesidade aumenta o risco de doenças cardiovasculares”

setembro 27, 2019 0 Por Joana Figueredo

Cerca de 50% dos brasileiros estão acima do peso ideal, o que é um cenário preocupante, que tem deixado profissionais e pesquisadores da área da saúde aflitos, pois o sobrepeso está fortemente ligado ao surgimento de outras doenças.

O médico Abdon Murad Junior atua há vários anos no tratamento de pessoas que sofrem com o sobrepeso e faz alerta para os riscos das doenças cardiovasculares causadas pelo excesso de peso e pela obesidade.

Em dados divulgados, entre as seis doenças que mais levam à óbito no Brasil, quatro estão diretamente ligadas à obesidade: acidente vascular cerebral (AVC), infarto do miocárdio, diabetes e hipertensão. Quando associadas, elas são responsáveis por cerca de 72% dos casos de morte.

Isso de fato é um cenário bastante preocupante e nos leva a ter a certeza de que cuidar do peso passou longe de ser uma questão meramente estética para ser um assunto ligado à saúde e qualidade de vida das pessoas.

  • Coração x Obesidade:

A obesidade e o excesso de peso podem causar mudanças importantes na estrutura e no tamanho do coração, além de comprometer seu funcionamento. Abdon Murad Junior explica que ocorre da seguinte maneira: quanto maior é o sobrepeso, maior é o esforço do coração para conseguir bombear o sangue, pois o acúmulo de células gordurosas aumenta o risco de entupimento das artérias, dificultando o desempenho adequado do coração

Se tratados os fatores de risco, a chance de as placas de gordura que estão depositadas nas artérias inflamarem diminui de forma considerável. Seja qual for o método de tratamento utilizado, estas placas permanecem nos vasos, porém numa condição estável, diminuindo as chances de ocorrer eventos adversos no coração.

Cuidar do peso deve ser uma meta para quem possui esses fatores de risco. Pois perder alguns quilos, segundo o médico Abdon Murad Junior já ajuda muito a melhorar a possibilidade de infarto de miocárdio, por exemplo.