21.3 C
Brasil
domingo, novembro 28, 2021
spot_img
InícioBrasilDefesa de Roberto Jefferson tenta reverter prisão preventiva em domiciliar

Defesa de Roberto Jefferson tenta reverter prisão preventiva em domiciliar

O ex-deputado federal Roberto Jefferson segue preso em Bangu, no Rio de Janeiro. A defesa dele tenta reverter a prisão preventiva em prisão domiciliar em virtude dele estar com câncer e tomar mais de 20 medicamentos todos os dias. O advogado Luiz Gustavo Cunha falou com a Jovem Pan. “No Brasil, infelizmente, fazem chacota do presidente Jair Bolsonaro. Brincando com bola de cabeça dele, chamam de genocida, facínora e tudo quanto é tipo de apelido pejorativo. Mas, quando se fala do Supremo Tribunal Federal, é um atentado contra a democracia e o estado democrático de direito. Nós entendemos que essa prisão é completamente arbitrária, não preenche nenhum tipo de requisito de prisão preventiva. Roberto Jefferson não apresenta nenhum tipo de ameaça a ordem pública. Não tem nenhum caso de alguém que fez algum crime por conta de manifestações dele.”

O ex-deputado federal foi preso na região serrana do Estado pela Polícia Federal. Ele estava realizando tratamento medico. Segundo a Polícia Federal, foi um acato a decisão do Supremo Tribunal Federal. Ele é suspeito de participar da milícia digital cometendo atos antidemocráticos. Ele foi preso na região serrana e foi levado ao Rio de Janeiro, chegou a passar por exame no IML e foi encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal. Depois foi para o presídio de Benfica, entrada do sistema prisional no Rio de Janeiro. Agora, ele segue em Bangu aguardando o desfecho da situação enquanto a defesa tenta reverter a prisão domiciliar.

*Com informações do repórter Mateus Koelzer

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias