22.6 C
Brasil
segunda-feira, janeiro 18, 2021
Início Corona Vírus Covid-19: SP registra 42 mil óbitos e 1,24 milhão de casos desde...

Covid-19: SP registra 42 mil óbitos e 1,24 milhão de casos desde o início da pandemia

São Paulo registrou, neste domingo, 29, 42.076 mortes e 1.240.473 casos confirmados de Covid-19 no total. Os dados são da Secretaria de Saúde do estado e foram atualizados às 12h40. Entre o total de casos diagnosticados, 1.084.660 pessoas estão recuperadas, sendo que 134.354 foram internadas e tiveram alta hospitalar. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 58,5% na Grande São Paulo e 51,8% no estado. O número de pacientes internados é de 9.728, sendo 5.591 em enfermaria e 4.137 em unidades de terapia intensiva. Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 598 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Sobre o perfil das pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus no estado, 577.758 homens e 656.489 mulheres. Não consta informação de sexo para 6.226 casos. A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (292.435). As demais são: menores de 10 anos (31.590), 10 a 19 (60.868), 20 a 29 (211.822), 40 a 49 (254.202), 50 a 59 (185.012), 60 a 69 (112.477), 70 a 79 (56.791), 80 a 89 (26.452) e maiores de 90 (7.461). Não consta faixa etária para outros 707 casos.

Perfil da mortalidade

Os óbitos permanecem concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,6% das mortes. Entre as vítimas fatais estão 24.202 (57,5%) homens e 17.874 (42,5%) mulheres. Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (10.873), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (9.915) e 80 e 89 anos (8.613). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (54), 10 a 19 anos (73), 20 a 29 anos (345), 30 a 39 anos (1.182), 40 a 49 anos (2.742), 50 a 59 anos (5.445) e maiores de 90 anos (2.834).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59,8% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (10,9%), renal (9,4%), pneumopatia (8,2%). Outros fatores identificados são obesidade (8,2%), imunodepressão (5,5%), asma (3%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,7%), Síndrome de Down (0,4%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 33.796 pessoas que faleceram por COVID-19 (80,3%).

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Na semana da posse de Joe Biden, o Parler aparentemente está de volta

A rede social mais controversa do momento parece estar retornando uma semana depois de ter sido banida do serviço de internet da Amazon e...

Líder da oposição na Rússia é preso ao retornar a Moscou

Aleksei Navalny é um ferrenho opositor do presidente Vladimir Putin. Em 2018, o governo impediu que ele se candidatasse às eleições presidenciais e, justamente...

Sob ameaça de prisão, Navalny volta à Rússia

  Um dos mais conhecidos opositores do presidente da Rússia, Vladimir Putin, o ativista Alexey Navalny retorna ao país natal neste domingo (17), sob ameaça...

“A violência ameaça a democracia”, diz filósofo Michael Sandel

A suspensão das contas de Trump no Twitter e no Facebook é um tipo de censura? Trump espalha a versão mentirosa de que a eleição...