20.8 C
Brasil
quinta-feira, novembro 26, 2020
Início Mundo Uma a cada quatro crianças em Beirute pode não voltar à escola

Uma a cada quatro crianças em Beirute pode não voltar à escola

Dois meses após a megaexplosão que devastou o porto de Beirute, no Líbano, a evasão escolar na cidade pode chegar a uma a cada quatro crianças, alertou o Comitê Internacional de Resgate (IRC). O incidente deixou 190 mortos, e 168 escolas e incontáveis foram prédios danificados ou destruídos.

“Mais de 85.000 alunos foram matriculados em escolas danificadas pela explosão e que vão demorar ao menos um ano para os prédios mais afetados serem reparados”, diz o comunicado. Apesar do Ministério da Educação do país estar trabalhando para encontrar novos espaços para essas crianças, afirma o IRC, a mudança trará novas preocupações aos pais, como distâncias maiores de deslocamento, o uso de transporte público e dificuldade de acesso de crianças portadores de deficiências ao sistema educacional.

“Em um todo, esperamos ver cada vez menos crianças nas escolas neste setembro, com uma taxa que irá aumentar à medida que o ano progride”, disse Mohammad Nasser, diretor interino do IRC no Líbano.

Segundo Nasser, antes da explosão já havia perda de renda e trabalhos nas famílias libanesas por causa da crise econômica que o país sofre, mas após a destruição do porto em agosto cada vez mais famílias estão tendo dificuldades em colocar a comida na mesa. “Estamos ouvindo que mais crianças estão sendo enviadas para trabalhar e ajudar na renda familiar”, disse.

No dia 4 de agosto, uma explosão em um armazém que continha nitrato de amônio destruiu o porto da capital Beirute. O país, que já sofria economicamente e vinha de meses de instabilidade política, se viu frente a mais uma catástrofe. Não demorou muito para a ajuda internacional chegar, com países como a França e o Brasil oferecendo dinheiro e mão-de-obra para ajudar nos esforços de recuperação da cidade.

Além da explosão, o país enfrenta a pandemia de Covid-19, doença que forçou as autoridades libanesas a adiar o início das aulas para 12 de outubro devido a um pico de novos casos registrados no país.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Bolão de Maceió leva prêmio de R$ 3 milhões da Mega-Sena; veja números sorteados

Um bolão feito em Maceió acertou as seis dezenas do concurso 2.321 da Mega-Sena, sorteadas nesta quarta-feira, 25, no Espaço Loterias Caixa, em São...

EUA contabilizam 2.439 novas mortes por Covid-19 em 24 horas

Os Estados Unidos chegaram nesta quarta-feira, 25, a 12.759.949 contágios confirmados pelo novo coronavírus e a 262.080 mortes por Covid-19, de acordo com a...

Hemocentro de Botucatu tem recorde de doações de sangue após acidente entre ônibus e caminhão

Com a mobilização realizada pelo Governo de São Paulo devido a um acidente envolvendo um caminhão e um ônibus, nesta quarta-feira, 25, o Hemocentro...

Márcio Garcia revela melhoras no estado de saúde do pai e desabafa

Márcio Garcia revelou que o pai, internado com Covid-19, foi extubado e teve queda nos níveis de infecção (Imagem: Reprodução / Instagram) Márcio Garcia voltou...