35.8 C
Brasil
quarta-feira, dezembro 2, 2020
Início Tecnologia O que está por trás do possível atraso do iPhone 12

O que está por trás do possível atraso do iPhone 12

O momento atual da Apple é positivo: ela vale 1,5 trilhões dólares, teve receita acima da expectativas no último semestre e chegou à marca de 550 milhões de assinantes em suas plataformas. Contudo, próximo do fim do ano, as coisas podem mudar, ainda que levemente. Acostumada a lançar seus novos smartphones em setembro, garantindo o fechamento positivo com as vendas do último semestre e agitando o mercado para o ano seguinte, em 2020 a tradição será quebrada: o iPhone 12 vai atrasar.

O diretor financeiro da companhia, Luca Maestri, confirmou que o novíssimo carro-chefe está atrasado devido às condições atuais do mundo, que passa por uma pandemia. Sem atualizar a data de lançamento, o atraso ficou justificado em “algumas semanas”. Sendo assim, os novos iPhones podem aparecer só em outubro.

Soma-se a isso a dependência da linha de produção com as fábricas chinesas, que estão com toda a cadeia de fornecimento comprometida por causa dos efeitos do novo coronavírus. Em março, o Wall Street Journal informou que a empresa falhou ao transferir a produção da linha iPhone 11 para a Índia. De acordo o jornal americano, executivos da gigante de Cupertino também sugeriram a mudança da produção de algum produto para o Vietnã. No entanto, a “gerência sênior” acabou recusando a ideia e abortando todo o planejamento inicial.

O cronograma deste ano previa o lançamento dos iPhone 12, iPhone 12 Max, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max, com alguns deles embarcados com  5G, fruto de uma parceria com a fabricante de processadores Qualcomm.

Com esse cenário, quem deve se sair melhor é a concorrência, como o Galaxy Note 20, previsto para o mês que vem. A expectativa é que os novos modelos cheguem mais próximos do Android puro, após rumores indicarem que a Samsung deve desistir de incluir de fábrica sua loja própria de apps e a assistente virtual Bixby, substituindo ambos pelos produtos equivalentes da Google.

No entanto, não é a primeira vez que o iPhone é adiado. No ano de 2017, o aguardado iPhone X, que atualizou o design da linha, só deu as caras em novembro, e segurou as vendas do aparelho.

Continua após a publicidade

- Advertisment -

Ultimas Notícias

Governo do Pará monta força-tarefa para localizar quadrilha de roubo a banco em Cametá

O governo do Pará informou nesta quarta-feira, 2, que montou uma força-tarefa para localizar a quadrilha que tentou roubar um banco nesta madrugada, na...

Mundo tem menor número de casos diários de Covid-19 em quase um mês

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que nas últimas 24 horas foram registrados 460.376 novos casos de Covid-19 no mundo, sendo o menor...

Procon multa bar por apologia ao crime ao fazer ‘piadas’ com uso de máscaras e morte de Isabela Nardoni

O Procon-SP multou em R$ 1.134,85 o bar Primata Parrilla, que fica localizado no município de Presidente Prudente, interior de São Paulo, por divulgar mensagens...

Nicette Bruno apresenta melhora após ser intubada

Internada, Nicette Bruno apresenta melhora (Imagem: Reprodução / Globo) Nicette Bruno apresentou melhora em seu estado de saúde após ser internada com Covid-19. A atriz...