A app de vídeos de curta duração está a ser usada recrutar novos militantes.

É bem conhecida a estratégia da organização terrorista Daesh de usar redes sociais como veículos de propaganda e ferramentas de recrutamento. Não é, portanto, muito surpreendente a notícia de que a app de vídeos curtos TikTok está a ser usada como parte desta estratégia.

Felizmente, conta o The Wall Street Journal que a empresa chinesa está atenta e terá removido duas dezenas de contas relacionadas com o Daesh, as quais publicavam conteúdo com o objetivo de chegar a potenciais apoiantes.

“Conteúdo que promove organizações terroristas não tem lugar no TikTok. Estamos permanentemente a banir qualquer conta e dispositivos associados assim que sejam identificados e estamos continuamente a desenvolver controlos para detetar pró-ativamente atividade suspeita”, declarou um porta-voz da empresa.

Leia Também: App TikTok usada pela China para censurar, aponta The Guardian

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo terceiro ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas 2019 para Imprensa Online. Descarregue a nossa App gratuita para iOS e Android

Gostar da nossa página no Facebook para ver histórias semelhantes

Atribua uma classificação geral ao Web site:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui