FOTO: JORGE ADORNO/REUTERS

Flamengo e River Plate estão na final da Libertadores e vão disputar o título em jogo único. O presidente do time argentino, Rodolfo D?Onofrio, chegou a afirmar que o Mais Querido ?é uma equipe enorme? depois da partida contra o Grêmio, na última quarta, pela semifinal da Copa, mas aproveitou a oportunidade para destacar a diferença econômica entre os clubes no quesito cota de tv;

? Eles cobram 50 milhões de dólares pela televisão, nós cobramos três?, ressaltou Rodolfo, em entrevista a rádio La Red.

O cota televisiva que o Rubro-Negro recebe, volta e meia, é motivo de debate. Os rivais brasileiros sempre reclamam da diferença de valores pagos aos clubes. No entanto, o Flamengo tem a Maior Torcida do Mundo e registra os maiores índices de audiência (que não podem ser comparados aos dos rivais), não só no Rio de Janeiro, mas em todo o Brasil; é aí que está a questão. Este é um simples exemplo de lei da oferta e da procura: não há como igualar o valor de cotas se não há a mesma demanda.

Venha fazer o seu FlaCard, o cartão rubro-negro, que você pode usar para jogos, ingressos de shows e muito mais, além de TORNAR O MENGÃO MAIS FORTE!

O assunto de verba de televisão é extracampo e não pode ser comparado entre clubes de países diferentes. Dentro das quatro linhas, Flamengo e River Plate vão entrar em campo no dia 23 de novembro, em jogo único. O vencedor do duelo será consagrado o grande campeão da Copa Libertadores da América. A partida será disputada no Estádio Nacional de Santiago, no Chile.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui