Antes do lançamento de seu novo álbum Jesus is King, previsto para esta sexta-feira (25), Kanye West, marido de Kim Kardashian deu mais uma de suas polêmicas entrevistas.

Ele conversa com Zane Lowe, para a Beats 1, rádio online na Apple Music, ele disse ter superado o vício em pornografia que desenvolveu ainda na infância.

O artista contou que a revista Playboy era sua porta de entrada para o vício em pornografia. “Isso afetou todas as escolhas que fiz na minha vida, desde os 5 anos de idade até agora”, declarou.

Ele também exaltou sua nova fase, agora dedicada ao cristianismo: “Agora que estou a serviço de Cristo, meu trabalho é espalhar o evangelho, para que as pessoas saibam o que Jesus fez por mim”.

Jesus is King estava previsto para ser lançado dia 27 de setembro, mas foi adiado para bater com a data de estreia do documentário com o mesmo título, que chega aos cinemas amanhã, com exibições exclusivas da rede IMAX.

Ontem, ele apresentou o disco em um evento realizado em Los Angeles. Antes mesmo de seu primeiro álbum gospel, Ye já anunciou mais um disco, “Jesus is Born”, que será lançado no dia de Natal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui