A deputada atualmente desafeto de Eduardo aproveitou o encontro para externar seu plano de concorrer à prefeitura de São Paulo, com o apoio de Bivar, mas recebeu imediatamente uma invertida do filho do presidente: Não, você não vai ser nossa candidata, afirmou.

Hasselmann, que não é conhecida pelo caráter plácido, se exaltou. Com a face avermelhada, levantou-se da cadeira e disse que, se aquele era o caso, não teria mais por que ficar ali. Eduardo argumentou que seria preciso escolher um candidato que preenchesse requisitos técnicos.

Frota saiu em defesa da colega, enaltecendo seu desempenho político no governo, mas a situação só piorou. Eduardo se referiu a Frota como caroneiro e ameaçou: Cara, eu tenho pena de você. Com uma tuitada minha, vão arrebentar você na internet. De perfil conciliador, Bivar colocou panos quentes na discussão antes que ela pudesse escalar.

(?)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui