Um exercício de fácil execução, sem custos altos e que pode ser realizado em qualquer lugar: A corrida!

Isso mesmo, a corrida costuma ser a porta de entrada no mundo dos esportes para muita gente que deseja perder peso. E sim, executando-a da forma correta é possível chegar lá!

De acordo com Abdon Murad Jr, em uma pesquisa realizada pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, e também publicada pelo The Journal of Sports Medicine, o estudo indica, que, aliar corridas diárias de pelo menos 45 minutos a dietas saudáveis pode diminuir mais de 4 kg por mês!

Mas o ponto principal é: Será que a corrida é o exercício ideal para pessoas obesas ou acima do peso? Falando de forma específica.

Os corredores com quilos extras necessitam de uma série de cuidados, mas  não quer dizer que não estão aptos para as atividades físicas.

“Como o peso interfere diretamente no impacto do exercício sobre o corpo, nem sempre o efeito da corrida é absorvido da maneira adequada pelos músculos das pernas e pelos glúteos, sobrecarregando os joelhos.” Explica Abdon Murad.

Em algumas pessoas com volume abdominal maior que o comum, a coluna passa a ser alvo de preocupação. O acúmulo de gordura na barriga traz o encurtamento dos músculos das costas, principalmente na região lombar, causando dor durante ou depois a corrida.

Se a exigência física for muito grande, até o sistema cardíaco é atingido. Para evitar lesões ortopédicas, sustos cardíacos e não migrar das pistas para as salas de fisioterapia, é importante que as pessoas acima do peso consultem alguém possibilitado profissionalmente para alcançar resultados juntos. .

Um treino inadequado é capaz de machucar mais do que o excesso de gordura. Antes de partir para a corrida, o fortalecimento muscular é o mais importante. Apesar de a corrida ser barata, não é adequado simplesmente sair correndo sem orientação.

Isso porque o corpo precisa estar preparado para a atividade. Aposte em exercícios para fortalecimento dos músculos das pernas e da região do CORE (músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica, responsáveis pela sustentação do tronco e a postura).

O fortalecimento muscular deve estar presente para qualquer tipo de esporte, principalmente na corrida, que tem movimentos repetitivos. Cuidado com o excesso: mescle a corrida com outros exercícios.

Já sabemos que tudo em excesso faz mal. E isso serve para uma longa corrida também. Saiba dosar seu tempo, e ser muito, mas muito paciente! Tudo valerá a pena!

Atividade física é importante para o corpo, mas o excesso em uma mesma modalidade não faz bem. Além do fortalecimento muscular, recomendo mesclar a corrida com natação, ciclismo e tênis, por exemplo.

A esteira pode ser uma boa opção inicial para preservar as articulações. Abdon Murad Junior fala que a esteira absorve mais impacto do que correr na rua, no asfalto, mas ambos têm pontos positivos e negativos.

Entre correr na rua e na esteira, a principal vantagem da esteira está em poder controlar a intensidade da corrida, mantendo um ritmo. Além da maior absorção de impacto, existe a possibilidade de correr em um ambiente climatizado, o que gera um desgaste menor, ajudando quem está acima do peso e ainda procura aprimorar a condição física.

Quais benefícios mais a corrida proporciona?

A corrida traz muitos benefícios para a qualidade de vida, e são eles?
1. Redução de peso corporal
2. Melhora o nível de colesterol
3. Aumenta a capacidade cardiorrespiratória
4. Reduz os riscos de infarto
5. Aumenta a massa muscular
6. Reduz a variação da pressão arterial de repouso
7. Ativa a circulação sanguínea, diminuindo problemas do coração
8. Melhora a função do rim, que filtra o sangue e reduz o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo
9. Melhora a qualidade do sono
10. Estimula a formação de massa óssea ajudando a prevenir lesões como a osteoporose
11. Melhora a auto-estima aumenta o condicionamento físico
12. Proporciona sensação de bem-estar diminui o estresse e melhora a depressão
13. Aumenta a eficiência do metabolismo

Mas antes da corrida, o ideal é consumir alimentos ricos em carboidratos com baixo índice glicêmico, ou seja, carboidratos que são absorvidos lentamente pelo organismo. Assim, eles serão liberados aos poucos durante a corrida, evitando-se a hipoglicemia (queda da taxa de glicose no sangue).

Confira agora 5 dicas especiais!

Veja:

1. Emagreça por você!

Antes de qualquer processo de emagrecimento faça a seguinte reflexão: eu vou emagrecer para mim ou para os outros? Se for por você, você entenderá a seriedade do seu problema, irá traçar e seguir os seus planos até o fim!

2. Tenha a projeção de você magro, isso é muito importante. Afinal de contas, emagrecer só depende de você que coloca ou não a comida na sua boca. Nessa fase, Abdon Murad Junior indica que você mantenha o foco e mentalize seu objetivo como realidade.

3. Esqueça dietas malucas!

Esqueça dieta do sol, da proteína ou do abacaxi. A dieta, mais do que emagrecer, é um processo onde você vai aprender a comer (o que deveria ser ensinado em escolas). Vá em um nutricionista e faça sua reeducação alimentar. Tem pressa para emagrecer? Tenha mais calma! Reeduque-se e emagreça para nunca mais engordar, por sua saúde e não só esteticamente! Lembre-se sempre disso!

4. Crie novas paixões, novos laços!

Quem normalmente possui excesso de peso, normalmente, desconta suas frustrações na comida. Por isso, se inove! Descubra novas paixões para a sua vida. Seja ela qual for. Faça esse exercício mental. Essa reflexão.

5. Não crie desculpas! Esqueça-se delas!

Tenha coragem para enxergar a vida por um outro ângulo! Não espere por ninguém. Ninguém acredita mais em você do que você mesmo! Isso é primordial. Quem tem que se amar é você e não os outros. Comece, mesmo que ninguém acredite. Basta você querer e acreditar em sua capacidade para tornar esse fato em realidade!

Agora, ao aliar-se à prática da corrida, que tal ver as precauções necessárias após ela?

“Depois da corrida é muito importante que se façam alongamentos para evitar lesões. E além disso, deve-se beber água para hidratar o corpo e fazer uma refeição leve para repor os nutrientes perdidos!.” Concluí Abdon Murad Júnior.

https://abddonjosemuradjunior.blogspot.com/2019/09/dr.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui